Câmara aprova o fim da prisão disciplinar para PM e bombeiro militar

O texto aprovado, que segue para o Senado, proíbe o uso de medidas restritivas de liberdade, como a prisão preventiva ou temporária, para punir militares envolvidos em faltas disciplinares O Plenário da Câmara dos Deputados aprovou nesta quinta-feira (1º) , em votação simbólica, proposta que extingue a pena de prisão como forma de punir faltas disciplinares cometidas por policiais e bombeiros militares. A medida está prevista no Projeto de Lei 7645/14, dos deputados Subtenente Gonzaga (PDT-MG) e Jorginho Mello (PR-SC). O texto aprovado, que segue para o Senado, traz modificações adotadas pela Comissão de Segurança Pública e Combate ao Crime Organizado. Uma delas também proíbe o uso de medidas restritivas de liberdade, como a prisão preventiva ou temporária, para punir militares envolvidos em faltas disciplinares. O texto original elimina apenas as medidas privativas de liberdade, como reclusão e detenção. Para o Subtenente Gonzaga, a proposta é o maior tratado de cidadania para policiais e bombeiros do Brasil, garantindo a eles direitos já assegurados pela Constituição brasileira a todos os cidadãos, como acesso ao devido processo legal, à presunção da inocência e à ampla defesa. “É uma prisão humilhante, uma realidade humilhante. Pode ser causada por um sapato mal engraxado, por uma barba mal feita e até por uma farda mal passada. Esse projeto traz dignidade e cidadania a policiais e bombeiros”, disse o deputado. O parlamentar acrescentou que o texto foi discutido com os ministérios da Justiça; da Defesa; com representantes dos comandos da polícia; e com a secretaria nacional de direitos humanos. O deputado Alberto Fraga (DEM-DF) comentou o constrangimento sofrido por militares presos por questões disciplinares ao explicar a punição para familiares, como filhos, por exemplo. “Você chega a casa e seu filho pergunta: papai você estava preso? Você é bandido?”, disse. A proposta cria ainda, por lei…

Read more

Viatura improvisada do Corpo de Bombeiros do Piauí tem pneu estourado e quase capota com equipe em Teresina.

Uma viatura de combate a incêndio do Corpo de Bombeiros Militar do Estado do Piauí - CBMEPI teve um dos pneus dianteiros estourado durante deslocamento para atender ocorrência e por pouco não capota com toda a guarnição. O fato aconteceu na tarde de ontem, terça-feira, 15/08. Segundo relatos dos bombeiros que estavam a bordo, a viatura tipo "Carro de Combate a Incêndio - (CCI)" se dirigia até o povoado São Domingos, nas proximidades da Cerâmica Fortes, região da Santa Maria da Codipe, zona norte de Teresina, para atender a um chamado de socorro em decorrência de incêndio que iniciou em um canavial.

Read more

Bombeiro surta e tenta colidir viatura no Congresso Nacional

Equipe de ROTAM juntamente com PATAMO, evitam atentado contra o prédio do Congresso Nacional. Um bombeiro, ainda não identificado, tomou posse de uma viatura da corporação em Ceilândia e havia dito que desejava colidir veículo contra o Congresso Nacional. O Caminhão dos Bombeiros só foi parado após o policiais atingirem os pneus com tiros, sendo assim, foi possível a interceptação da viatura no eixo monumental.1° Pelotão de ROTAM2° Pelotão de PATAMO fonte:http:halkpmdf.blogspot.com.br    

Read more

ATENÇÃO!!!!!!!!!!!!!!!!!!

ATENÇÃO!!!!!!! A DOCUMENTAÇÃO DO POLICIA LEGAL BAIXE E ENTREGUE UMA VIA E FIQUE COM OUTRA.

CLIQUE AQUI

http://abmepi.org/index.php/downloads/category/9-policia-legal

Notícias Gerais

Bombeiro surta e tenta colidir viatura no Congresso Nacional
Bombeiros e Policias Militares ficam de fora da Reforma da Previdência
ABMEPI conquista nova liminar para a “segunda turma” de associados para realizarem CFS PM 2017.
PEC proíbe aumento salarial e contratação de pessoal no Estado por dez anos
Joomla Templates and Joomla Extensions by JoomlaVision.Com

Instale nosso App e se conecte com a ABMEPI

AbmepiTub

 abmepitube

CHARGES DO EVANDRO

Contador

65369
HojeHoje3
OntemOntem35
Este mêsEste mês678
GeralGeral65369